domingo, 22 de dezembro de 2013

O sinal da pobreza e a humildade da fé


A liturgia de hoje quer ser um sinal que só pode ser reconhecido e acolhido na pobreza e na humildade da fé. Da profecia de Isaías - “eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Emanuel” -, ao cumprimento da mesma profecia, que começa a ser narrado por São Mateus no Evangelho, o próprio Deus opera a salvação, trazendo à obediência da fé todos os povos, para a glória de seu nome e para mostrar que, sem a cooperação do homem, o seu plano salvífico de amor não pode se concretizar sobre a terra.

Na Primeira Leitura, extraída do Livro do Profeta Isaías, o trono de Davi está em perigo. O rei, em lugar de pedir auxílio a Deus, mostra não ter fé, procurando invocando outros deuses e aliando-se aos inimigos de Israel. Deus, no entanto, manda-lhe um sinal que é - ao mesmo tempo - castigo aos infiéis e salvação para os que se mantêm firmes em sua fé no Senhor: eis que uma virgem dará à luz um filho e lhe porá o nome de Emanuel, que significa: Deus está conosco”.

Em profunda sintonia com a profecia de Isaías, São Mateus, no Evangelho, quer mostrar que Jesus é da linhagem de Davi - segundo a carne e, portanto, que seu nascimento é o início do cumprimento da promessa de salvação feita por Deus - e que, ao mesmo tempo, é Deus, tendo nascido da Virgem Maria pela ação do Espírito Santo. Nesse sentido, o evangelista procura sinalizar que é sempre Deus quem toma a iniciativa para executar seu plano salvífico, mas que cabe ao homem aderir, cooperando para a sua concretização.

Por isso, São Paulo, na Carta aos Romanos, afirma que é por causa de Jesus que somos continuamente chamados a ser discípulos, a fim de trazer à obediência da fé todos os povos, para a glória de seu nome. Somos todos, completa o Apóstolo, amados de Deus e santos por vocação. José, como último dos justos do Antigo Testamento e já como santo da plenitude dos tempos, é assim considerado, não porque foi cegamente fiel às leis, mas porque procurou em todas as coisas fazer a vontade de Deus, que o chamou - assim como particularmente chama a cada um de nós - a colaborar na obra da salvação.

Ao ouvir a mensagem de Deus por meio do anjo, diz o Evangelho, ‘José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado, e aceitou sua esposa’, como fiel cooperador de Deus no cumprimento de sua promessa. Como São José, também nós, é para a santidade que somos chamados por Deus Pai, que em seu filho quis fazer-se Emanuel, Deus conosco. Quis fazer próximo, não um Deus distante, mas tão próximo que carne da nossa carne. Pobre, humilde, semelhante a nós em tudo, menos no pecado.

Pe Elison Silva

sábado, 21 de dezembro de 2013

Pe Elison Silva lança DVD para formação de catequistas




Com o objetivo de intensificar os trabalhos da Animação Bíblico Catequética  Pe Elison Silva, lançou no dia 17 de dezembro em Maceió-AL, o seu primeiro DVD "Jesus, modelo de catequista" é a primeira vídeo-aula de uma coletânea que objetiva dar subsídios para a formação permanente de catequistas, atendendo um apelo e suprindo uma necessidade da Igreja dos nossos dias. Pautado no modelo de ação catequética de Jesus, Padre Elison Silva, que é especialista em Pedagogia Catequética, faz uma análise de três encontros protagonizados, em passagens do Evangelho, por aquele que é o Mestre dos catequistas. 

Durante o lançamento foi passado um vídeo com depoimentos de pessoas importantes: Imacula Cintra representando todos os Catequistas do Brasil, Pe. Décio Walker, Assessor Nacional da Animação Bíblico Catequética CNBB, Pe Luiz Alves de Lima membro da Sociedade Lantino Americana de Catequetas e membro da Sociedade Brasileira de Catequetas, Dom Muniz Fernandes, Arcebispo da Arquidiocese de Maceió, Dom Mariano Manzana, bispo de Mossoró e Referencial para Animação Bíblico Catequética do Regional Nordeste 2 da CNBB, Dom Genival Saraiva, Bispo de Palmares e Presidente do Regional Nordeste 2 CNBB e de dom Paulo Mendes Peixoto, Arcebispo de Uberaba e membro da Comissão Episcopal para Animação Bíblico Catequética CNBB.  Veja o vídeo AQUI.


Depois do lançamento Pe Elison todos os convidados participaram de coquetel e sessão de autográfos.
Atuação
Padre Elison é Membro do Grupo de Reflexão Bíblico Catequética - GREBICAT que é formado por Biblistas e Catequetas que assessoram na reflexão, orientação e animação bíblica da catequese e a na animação bíblica de toda Pastoral da CNBB. Membro da Sociedade de Catequetas que tem como finalidade favorecer a convergência de pessoas qualificadas no campo da catequese e o livre intercâmbio de pesquisas e experiências que promovam o avanço nesta área pastoral. É Especialista em Pedagogia Catequética pela PUC-Goiás. Coordenador da Comissão Regional Nordeste 2 de Animação Bíblico Catequética da CNBB. Diretor do Instituto Bíblico Catequética da Arquidiocese de Maceió. Membro da Comissão Arquidiocesana de Animação Bíblico Catequética.
O DVD já está a venda nos seguintes locais:
Lojas Paráclito
Maceió-AL
Rua do Livramento (ao lado da Igreja do Livramento)
Telefone (82) 3326-0202

Aracaju-SE
Rua Laranjeiras, 540, Centro. 
Telefone (79) 3214-0484.

E também pela assessoria do Padre Elison Silva:
Email: padreelisonsilva@hotmail.com 
Telefone: 55 82 9976-7135.
Curta a FanPage no facebook pelo link https://www.facebook.com/padreelison

sábado, 14 de dezembro de 2013

Encontro de Coordenadores de Catequese na AOR


Padre Elison Silva lança DVD de Formação para Catequistas


O seu  primeiro DVD "Jesus, modelo de catequista" é a primeira vídeo-aula de uma coletânea que objetiva dar subsídios para a formação permanente de catequistas, atendendo um apelo e suprindo uma necessidade da Igreja dos nossos dias. Pautado no modelo de ação catequética de Jesus, Padre Elison Silva, que é especialista em Pedagogia Catequética, faz uma análise de três encontros protagonizados, em passagens do Evangelho, por aquele que é o Mestre dos catequistas.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Pe Elison Silva lançará seu primeiro DVD de Formação para Catequista‏



Lançamento Oficial para todo o Brasil

Pe Elison Silva lançará no dia 17 de dezembro na paróquia Nossa Senhora das Dores em Maceió-AL, o seu  primeiro DVD "Jesus, modelo de catequista" é a primeira vídeo-aula de uma coletânea que objetiva dar subsídios para a formação permanente de catequistas, atendendo um apelo e suprindo uma necessidade da Igreja dos nossos dias. Pautado no modelo de ação catequética de Jesus, Padre Elison Silva, que é especialista em Pedagogia Catequética, faz uma análise de três encontros protagonizados, em passagens do Evangelho, por aquele que é o Mestre dos catequistas.

Padre Elison é Membro do Grupo de Reflexão Bíblico Catequética - GREBICAT que é formado por Biblistas e Catequetas que assessoram na reflexão, orientação e animação bíblica da catequese e a na animação bíblica de toda Pastoral da CNBB. Membro da Sociedade de Catequetas que tem como finalidade favorecer a convergência de pessoas qualificadas no campo da catequese e o livre intercâmbio de pesquisas e experiências que promovam o avanço nesta área pastoral. É Especialista em Pedagogia Catequética pela PUC-Goiás. Coordenador da Comissão Regional Nordeste 2 de Animação Bíblico Catequética da CNBB. Diretor do Instituto Bíblico Catequético da Arquidiocese de Maceió. Membro da Comissão Arquidiocesana de Animação Bíblico Catequética.

Valor do DVD: R$ 25,00 + R$ 5,00 taxa de correio para todo Brasil. 
O produto pode ser adquirido através:

Email: padreelisonsilva@hotmail.com 
Telefone: 55 82 9976-7135.  

Curta a FanPage no facebook pelo link https://www.facebook.com/padreelison?fref=ts

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Pe Elison Silva lançará DVD de formação de catequistas‏‏‏


Acontecerá no dia 17 de dezembro o lançamento do primeiro DVD “Jesus Modelo de Catequista” do Padre Elison Silva, visando a formação de catequistas em nossa Igreja. O lançamento acontecerá às 19h30 na Paróquia Nossa Senhora das Dores, no bairro da Santa Lúcia, Maceió-AL.

Padre Elison é Membro do Grupo de Reflexão Bíblico Catequética - GREBICAT que é formado por Biblistas e Catequetas que assessoram na reflexão, orientação e animação bíblica da catequese e a na animação bíblica de toda Pastoral da CNBB. Membro da Sociedade de Catequetas que tem como finalidade favorecer a convergência de pessoas qualificadas no campo da catequese e o livre intercâmbio de pesquisas e experiências que promovam o avanço nesta área pastoral. É Especialista em Pedagogia Catequética pela PUC-Goiás. Coordenador da Comissão Regional Nordeste 2 de Animação Bíblico Catequética da CNBB. Diretor do Instituto Bíblico Catequético da Arquidiocese de Maceió. Membro da Comissão Arquidiocesana de Animação Bíblico Catequética.

A partir do dia 17 de dezembro o DVD estará disponível para todo o Brasil.

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Escola regional de Animação Bíblico Catequética retornará suas aulas em janeiro


No período de um ano e meio a comissão Regional de Animação Bíblico Catequética do Regional Nordeste 2 achou por bem pensar em um processo de formação dos seus catequistas, proporcionando princípios, critérios, conteúdos e linhas metodológicas que facilitem o processo permanente da educação da fé a partir das recentes orientações da Igreja.

Este contexto desafiante exige uma revisão profunda da maneira de educar na fé e, por isso mesmo, da formação do catequista. É imperativo elaborar uma educação na fé que forje uma identidade cristã sólida, com uma consciência lúcida de ser discípulos e missionários de Jesus Cristo na comunidade.

Para corresponder a necessidade de formação foi proposto a Escola Bíblico-Catequética Regional Nordeste II, IRMÃ VISITATIO LEMOS GIBSON, que iniciou-se em janeiro de 2013, uma escola para a formação dos catequistas do nosso regional Nordeste 2 da CNBB. Dentro da proposta da Iniciação à vida cristã, oferecemos um itinerário de formação para os catequistas utilizando-se da metodologia e a pedagogia da Iniciação à Vida Cristã de inspiração catecumenal.

Dando continuidade aos trabalhos iniciados em janeiro, continuaremos a formação dos catequistas nos dias 9,10,11 e 12 de janeiro de 2014, no Convento Ipuarana (Lagoa Seca-PB) 15km de Campina Grande-PB.

Substituindo a antiga formação para catequistas vamos assumir este programa de formação em sintonia com o que outros regionais estão realizando. O curso tem a duração de dois anos e será realizado em 4 módulos assim distribuídas: 

1. Módulo Querigma: Eixo bíblico-catequético

2. Módulo Catecumenato: Eixo teológico-catequético

3. Módulo iluminação: Eixo metodológico-catequético

4. Módulo mistagogia: Eixo litúrgico catequético

Estes módulos serão trabalhados sempre janeiro e julho, durante 02 anos, num total de 120h/a e a cada etapa o catequista que participa desta formação deverá realizar atividades de pesquisa, aprofundamento de estudo em suas dioceses totalizando a carga horária do curso de 150h/a, estas atividades servirão também para a avaliação em cada disciplina o aluno deverá obter um nota superior a 7,0 (sete), os trabalhos serão orientados pelos professores da matéria.

Com este itinerário queremos formar formadores de catequistas e candidatos a formadores, além de membros de coordenação diocesanas de catequética, vale ressaltar o que o Documento Catequese Renova,“A formação de bons catequistas é o desafio número um da Igreja no Brasil de hoje. São importantes as escolas catequéticas tão insistentemente solicitadas pelos catequistas e recomendadas pelo magistério”(CR 149).

Nos ensina o Documento de Aparecida: “Ou educamos na fé, colocando as pessoas realmente em contato com Jesus Cristo e convidando-as para segui-lo, ou não cumpriremos nossa missão evangelizadora. [...] Impõe-se a tarefa irrenunciável de oferecer modalidade de iniciação cristã, que leve à conversão, ao seguimento em uma comunidade eclesial e a um amadurecimento de fé na prática dos sacramentos, do serviço, da missão” (cf. DAp n° 287 e 289). 


Disciplinas a serem trabalhados no próximo encontro

MÓDULO QUERIGMA: Eixo teológico-catequético

Disciplinas:

- Introdução ao Catecismo da Igreja Católica;

- Cristologia;

- Eclesiologia;

- Teologia dos Sacramentos.

Formadores:

Pe. Elison Silva dos Santos – Arquidiocese de Maceió

Pe. Ronaldo – Diocese de Palmares 

Diác. Edmar – Arquidiocese de Natal

Diác. Mano – Arquidiocese de Natal 

Terá início no dia 09 (quinta-feira)  às 17h00 com a celebração eucarística e término no dia 12 (domingo) as 08h00. 

INVESTIMENTO

Hospedagem: R$ 200,00 (Duzentos reais) quatro diárias

Taxa do Curso: R$ 40,00 (Quarenta reais)

Total: R$ 240,00 Incluso (Hospedagem e as refeições café, almoço, jantar e lanches) e taxa do encontro.

A comissão Regional convida os catequistas a participarem  desta formação. Para os que desejarem participar devem entrar em contato solicitando sua ficha de inscrição pelo email: catequeseregionalnordeste2@gmail.com até o dia 20/12/2013.

Contamos com a sua ajuda para que incentivem seus catequistas a participarem desta formação. 

Pe Elison Silva dos Santos
Coordenador da Comissão Regional Pastoral para
Animação Bíblico-Catequética

Dom Mariano Manzana
Bispo Responsável pela Comissão Regional Pastoral para
Animação Bíblico-Catequética

domingo, 24 de novembro de 2013

I Nordestão de Catequese: Os Desafios para a Transmissão da Fé




Teve início no dia (15) o I Nordestão de Catequese. Catequistas de todos os recantos da região nordeste estão em Maceió (AL) para este momento singular para a catequese no nordeste, bem como para a  catequese nacional.  Cremos que a este momento ímpar foi gerado no coração do Pai e tem ganhado corpo com o desejo e trabalho dos catequistas dos regionais: NE1 (Ceará), NE 2 (Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba), NE 3 (Bahia e Sergipe), NE 4 (Piaui) e NE 5 (Maranhão).

Os Desafios para a Transmissão da Fé: Iniciação à Vida Cristã, a Palavra de Deus e a Liturgia serão trabalhados durante este Nordestão. Por volta de 230 catequistas se encontram no evento.

Pe Elison Coordenador do Regional Nordeste 2 deu as boas vindas apresentando um vídeo mostrando as maravilhas da cidade de Maceió. Convidou para compor a mesa Pe Décio Walker, assessor nacional da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico Catequética,  as coordenadoras dos regionais NE 1 Maria Erivan, NE 3 Ir Luciene, NE 4 Ir Maria, NE 5 Joana, Pe Márcio Roberto, coordenador da Comissão Arquidiocesana de Catequese de Maceió, Pe Jânison Sá, assessor do encontro e os padrinhos do sulão Pe Paulo Gil e Regina Mantovani.

Pe Décio batizou o Nordestão em seguida  Pe Paulo Gil, Regional Sul 1 e Regina Mantovani, Regional Sul 2 contou as experiências  de como realizaram o 1º Sulão com o respaldo do Bispo Murilo. Foi feito o pacto de não deixar nenhum encontro sem a colaboração um dos outros nos seu regionais deixado um abraço de todos os catequistas do Paraná-PR e de São Paulo.


Veja as fotos do primeiro dia


domingo, 3 de novembro de 2013

Oração do I Nordestão de Catequese

Jesus, nosso Mestre, nós te agradecemos por estarmos reunidos, como catequistas dos Regionais do Nordeste, tendo a graça de participar de uma enriquecedora vivência de comunhão de vida e de partilha de experiência.

Em nossa condição de discípulos e discípulas, tu nos enviaste em missão, anunciando tua Palavra às crianças, adolescentes, jovens e adultos, ao realizarmos nosso trabalho de catequese, em nossas Comunidades, em nossas Paróquias, em nossas Dioceses e em nossos Regionais. 

Na realização de nossa atividade catequética, temos consciência da responsabilidade que assumimos, perante nossas famílias, aos nos tornarmos educadores e educadoras da fé católica de seus filhos e filhas e perante nossas Comunidades, como servidores e servidoras do Evangelho. Mesmo considerando as dificuldades pessoais e os limites institucionais, em face dos “Desafios para a transmissão da Fé”, colocamos nossa vida e nosso ofício a serviço da Animação Bíblico-Catequética, em nossas Igrejas.

Jesus, nosso Senhor, roga ao Pai que nos envie sempre o Espírito Santo, para que nos assista em nosso trabalho de catequistas e assim, fortalecidos com as graças do Ano da Fé, possamos anunciar o Evangelho aos irmãos e irmãs.

Amém 

sábado, 26 de outubro de 2013

Nordestão de Catequese

Está se aproximando o Primeiro Nordestão de Animação Bíblico Catequética que acontecerá em Maceió-AL, no Ginásio Poliesportivo do Colégio Santa Úrsula nos dias 15,16 e 17 de novembro com o tema OS DESAFIOS PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ e quem perdeu a oportunidade de se inscrever antecipadamente pode garantir sua vaga fazendo a inscrição até o dia 03 de novembro pelo email nordestaodecatequese@gmail.com ou falar com Joseilton Luz no telefone 82 9976-7135.

Teremos catequistas vindo de todos os estados do nordeste e  com a presença do Padre Luiz Alves de Lima, doutor em Catequese, do Pe Décio Walker, assessor nacional da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico Catequética da CNBB , do Pe Padre Jânison de Sá Santos, que foi assessor da Comissão para animação Bíblico-Catequética no quadriênio de 2004 a 2007, Doutor em Sagrada Teologia, com ênfase em Catequese e Pastoral Juvenil e do Pe Elison Silva, especialista em pedagogia Catequética pela PUC Goiás, membro do Grupo de Reflexão Bíblico Catequética (GREBICAT) da CNBB, membro do grupo da Associação de Catequetas do Brasil e  Coordenador da Comissão Regional Nordeste 2 de Animação Bíblico Catequética. 

A inscrição tem o valor de R$ 150,00 que estarão inclusos as refeições. 

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

COMISSÃO DE CATEQUESE DE CAJAZEIRAS REALIZARÁ CONGRESSO NO ZONAL DE CATOLÉ DO ROCHA/PB.

A Comissão Zonal Pastoral para Animação Bíblico – Catequética do zonal de Catolé do Rocha – Diocese de Cajazeiras/PB, realizará nos dias 23, 24 e 25 de agosto do corrente ano o 4º Congresso Zonal de Animação Bíblico – Catequética. O congresso será assessorado pelo Pe. Thieres Queiroga – Vigário da Catedral Nossa Senhora da Piedade em Cajazeiras/PB, e terá como tema: Avaliação e Partilha da implementação de Iniciação à Vida Cristã com inspiração catecumenal. O Congresso será realizado no Centro de Catequese e Pastoral da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios da cidade de Catolé do Rocha/PB.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

MENSAGEM AOS/ÀS CATEQUISTAS DO BRASIL

No próximo dia 25 de agosto estaremos comemorando o dia dos(as) Catequistas. Publicamos hoje a mensagem de Dom Jacinto Bergman Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética aos/às CATEQUISTAS DO BRASIL.
Ano de 2013
Um grande grito de louvor e ação de graças brota do nosso coração, por ocasião, mais uma vez, do Dia do/a Catequista. Nele celebramos o ministério bíblico-catequético de todos nós, tão essencial na vida da Igreja! O que seria da Igreja no Brasil, sem a plêiade de catequistas espalhados por todas as “periferias existenciais” do seu imenso território?
Neste ano de 2013, ainda em pleno Ano da Fé, fazemos a memória sagrada do documento “Catequese Renovada”. Desejo que cada um/uma de vocês sinta profunda alegria, não somente pelo documento escrito, mas por causa de toda a vida que ele gerou e impulsionou em nossa caminhada eclesial. Muitos de vocês, os/as mais vividos/as, guardam na mente e no coração o grande mutirão – um verdadeiro “vendaval” provocado pelo Espírito Santo - que trazia um dinamismo novo à nossa prática bíblico-catequética. Todos nós vimos ou ouvimos falar do imenso esforço feito por pessoas que gastaram o melhor de suas vidas para divulgar e tornar vivo em nossas comunidades este espírito novo. Quero destacar, de modo muito especial, o Frei Bernardo Cansi, que já está na casa do Pai, de onde continua a nos inspirar. Este homem fez da “Catequese Renovada” sua grande missão para servir Jesus Cristo de forma incansável: uma verdadeira paixão que contagiou milhares de catequistas por todo o Brasil. Na pessoa dele agradecemos a Deus toda a nuvem de catequetas e biblistas a serviço da renovação bíblico-catequética. E também agradecemos a Deus por cada um de vocês que até hoje lutam e, sem esmorecer, continuam a lutar para tornar realidade o processo de Iniciação à Vida Cristã e de Animação Bíblica da Vida e da Pastoral, que são os frutos atuais desse esforço de renovação.
Neste Dia do/a Catequista também não podemos deixar de lembrar o que aconteceu entre nós há um mês atrás . O profundo processo bíblico-catequético desencadeado pela JMJ, envolvendo grande número de bispos, presbíteros, religiosos e leigos – especialmente jovens -, mas tendo o papa Francisco como catequista principal. Ele apareceu diante de nossos olhos maravilhados de uma maneira muito simples mas profundamente tocante de evangelizar. Uma catequese, feita por ele, de gestos, de atitudes, de simbologias e de palavras cheias de afeto e unção dirigidas ao coração dos jovens e de todas as pessoas, provocando ânimo, coragem, esperança e intensa alegria. Uma perfeita experiência de catequese “comunitária, vivencial e bíblica”, como o próprio documento “Catequese Renovada” propõe.
Por fim recordamos, agradecidos, o papel de Nossa Senhora Aparecida, grande catequista que sustenta a fé, a esperança e o amor do nosso povo brasileiro. Que ela esteja sempre ao nosso lado e nos alcance a bênção da Trindade Santa!
PARABÉNS, queridos/as catequistas da nossa Igreja no Brasil!
Dom Jacinto Bergmann,
Arcebispo de Pelotas/RS
e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Celebração para o dia do/a Catequista 2013

Comissão Episcopal Pastoral para Animação Bíblico-Catequética


30 ANOS DE CATEQUESE RENOVADA


Celebração para o dia do/a Catequista

25 de agosto /2013


A Catequese é um processo de educação comunitária, permanente, progressiva, ordenada, orgânica e sistemática da fé. Sua finalidade é a maturidade da Fé”. (CR, n. 31)

APRESENTAÇÃO
Caríssimos/as Catequistas!
Estamos crescendo de forma admirável na proposta de uma catequese de inspiração catecumenal à serviço da Iniciação à vida Cristã. Os sinais são visíveis em toda parte. E nesse processo percebemos a importância fundamental da liturgia como celebração da fé suscitada pela catequese.
O despertar primeiro dessa nova consciência é fruto da CATEQUESE RENOVADA (Doc. Nº 26 da CNBB) que completa seus 30 anos de existência neste ano de 2013. Muito mais que um documento se trata de um grande espírito de renovação, não só na catequese, como de toda a ação evangelizadora da Igreja. CR Propôs novas metodologias, novo dinamismo e um renovado ardor missionário. Abriu caminho para o processo de Iniciação à vida cristã com inspiração catecumenal e para a animação Bíblica da vida e da pastoral.
O Dia do Catequista, que celebra a vida e a vocação de todos e todas que se deixaram embeber por esse espírito de renovação é também a melhor ocasião para fazer memória e cantar ação de graças pelas maravilhas que o Espírito realizou entre nós através da CR. E queremos fazê-lo em meio ao clima do Ano da Fé que veio reforçar ainda mais a importância decisiva do ministério da catequese hoje.
Contamos desta vez com a preciosa ajuda de Maria Erivan e sua equipe do NE 1 (Ceará) para a elaboração do roteiro desta celebração. Queremos agradecer de coração este belo serviço à todas as comunidades do Brasil!

BOA CELEBRAÇÃO!

PROPOSTA CELEBRATIVA PARA O DIA DO CATEQUISTA
- CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA ( onde houver padre)-

- Espaço Celebrativo:( Flores, Bíblia, Vela, Documento n. 26 da CNBB e outros símbolos da Região que falam de renovação na catequese)
- Comentarista: Queridos/as Catequistas!
Hoje, domingo, Dia do Senhor, a Igreja no Brasil celebra o Dia do Catequista e dos outros ministérios e serviços da comunidade. Reunidos como discípulos e discípulas, desejamos louvar e bendizer a Deus em primeiro lugar pela vocação de cada um/a. Pois “Jesus chamou os que desejava escolher”. (Mc 3, 13 ). Agradecer por todos aqueles que ouviram o chamado do Mestre e disseram SIM,Senhor, “eis-me aqui, envia-me”. (Is 6, 8).Com alegria também queremos trazer presente no altar do Senhor o ANO DA Fé que estamos vivenciando e de maneira muito especial os 30 ANOS DO DOCUMENTO CATEQUESE RENOVADA ( Nº 26 da CNBB). Revendo o caminho, é possível perceber quantas conquistas foram alcançadas como frutos desse documento, grande presente do Espírito para nós. Quantos encontros, semanas catequéticas, seminários e simpósios foram realizados. Quantos subsídios e manuais surgiram desde então. Por tudo isso, queremos hoje dar graças a Deus.
RITOS INICIAIS

- Procissão de Entrada: O Presidente acompanhado por todos os catequistas da comunidade e equipe celebrativa.
- Comentarista: Acolhendo a procissão de entrada, cantemos juntos:
Senhor se tu me chamas eu quero te ouvir, se queres que eu te siga respondo, eis-me aqui.
1.Profetas te ouviram e seguiram tua voz, andaram mundo afora e pregaram sem temor. / Seus passos tu firmastes sustentando seu vigor. Profeta tu me chamas: vê Senhor, aqui estou.
2. Os séculos passaram, não passou, porém tua voz que chama ainda hoje, que convida a te seguir. / Há homens e mulheres que te amam mais que a si, e dizem com firmeza: vê Senhor, estou aqui.
Ou: Por amor e vocação (CD Avancem para águas mais profundas)
- Saudação Inicial – (por conta do presidente da celebração).
- Ato Penitencial:
-Comentarista:queremos trazer presente nesta celebração nossa revisão pelo que deixamos de fazer, pela nossa falta de coragem em lançar as redes e “avançar para águas mais profundas”. (Lc 5,4). Também neste Ano da Fé reconhecer nossa falta de fé nos momentos mais críticos de nossa e vida e do ministério da catequese.
- Catequista:Senhor, nestes trinta anos de caminhada da Catequese Renovada, que orienta para uma formação sistemática dos catequistas, queremos te pedir perdão, pelas vezes que não valorizamos os encontros de formação, que não aprofundamos tua Palavra e não fomos presença na celebração e na vida da comunidade.
Senhor, piedade, ó Cristo piedade. Piedade de nós compaixão, Senhor. (bis).
- Catequista:Cristo, a catequese renovada nos chama para uma experiência de Encontro Contigo, que ajude os catequisandos a conhecerem a Ti. Pelas vezes que não testemunhamos e não falamos de ti, te pedimos perdão.
- Catequista:Senhor, as situações históricas e aspirações do nosso povo são conteúdos de catequese. Pelas vezes que deixamos de acolher os mais necessitados, te pedimos perdão.
- Celebrante conclui...
- Hino de Louvor: a escolha da equipe
- Oração do Dia ............
LITURGIA DA PALAVRA

- Acolhida a Palavra
(Bíblia ou Lecionário, ladeado com duas velas e trazidos por catequistas).
- Comentarista: A Palavra de Deus é o Livro por excelência da Catequese. Pois é a catequese hoje, a grande responsável de colocar nas mãos de crianças, jovens e adultos a Palavra de Deus. Acolhamos a Palavra de Deus que é a luz que ilumina a nossa catequese e sustenta a nossa vocação.
- Canto:
A Palavra de Deus é luz que guia na escuridão. É semente de paz, de justiça e perdão. (bis).
Ou:
É como a chuva que lava é como fogo que arrasa. Tua Palavra é assim, não passa por mim sem deixar um sinal.
- Primeira Leitura – Is 66,18-21
- Salmo: 116(117)
- Segunda Leitura – Hb 12,5-7.11-13
- Canto de Aclamação: a escolha...
- Evangelho – Lc 13 , 22-30
- Homilia: Pode ser feita em forma de Leitura Orante ( leitura – meditação- oração –contemplação/ação) a partir de um ou de todos os textos bíblicos proclamados. Importante: na hora da meditação (O que diz o texto para nós hoje?) fazer clara ligação com os elementos principais que CR nos ensinou: “catequese como processo de iniciação à vida de fé”; “interação fé e vida”; “Bíblia como livro por excelência da catequese”; “Catequese transformadora”; “opção preferencial pelos pobres”; “catequese inculturada”;“Catequese evangelizadora”; “catequese comunitária e integrada nas outras pastorais”, etc.
(Obs: Em lugares onde não há padre pode-se também escrever em folhas de papel os elementos acima para serem refletidos entre todos).
- Profissão de Fé: enquanto os/as catequistas acendem as velas no Círio Pascal, motivar o mantra:
Canto: Ó luz do Senhor que vem sobre a terra, inunda meu ser, permanece em nós.
-Presidente: (explica o sentido deste gesto) para depois perguntar: Vocês creem em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra e assim o ensinam na catequese?
- Catequistas: Sim creio
- Presidente: Vocês creem em Jesus Cristo e o seguem com fidelidade, levando os catequisandos a fazer a experiência do Encontro com Ele?
- Catequistas: Sim creio e procuro seguir
- Presidente:Vocês creem no Espírito Santo que com o Pai e o Filho formam a melhor comunidade de amor e incentivam o espírito comunitário na catequese?
- Catequistas: Sim creio e incentivo.
- Presidente: Vocês creem que a Igreja-comunidade é caminho para a construção do Reino de Deus na história que leva ao Reino definitivo e ajudam a todos a vivenciar esta mesma fé?
- Catequistas: Sim creio e procuro testemunhar.
- Presidente:Esta é a fé da Igreja que no batismo recebestes. Renovai-a neste Ano da Fé e esforçai-vos para cultivá-la naqueles que vos foram confiados na catequese.
- Catequistas: Assim seja!
LITURGIA EUCARÍSTICA

- Apresentação das Oferendas
- Canto: Queremos oferecer (CD - avancem para águas mais profundas)
- Oração Eucarística – (segue normal até depois da comunhão.)
RITOS FINAIS
Envio dos catequistas: Antes da Benção Final o presidente convida os/as catequistas a se colocarem diante do altar e lhes apresenta uma Bíblia aberta na qual todos/as colocam sua mão direita.

- Comentarista: Foi a CATEQUESE RENOVADA que abriu o caminho para a Palavra de Deus, tornando a Bíblia o livro por excelência da catequese. O/a Catequista é, por isso, considerado ministro da Palavra e sua missão é dar a conhecê-la para que seja amada e vivida. É importante que esse compromisso se renove constantemente...
Presidente: Animados pelo Espírito Santo e enviados pela comunidade continuai o caminho de educação da fé que tem sua fonte na Palavra de Deus. E que esta Palavra também seja Luz e força para realizar o serviço da construção de seu Reino de Fraternidade!
Que o Senhor vos proteja e vos guarde,
Que faça iluminar sobre vós a sua face e vos dê a Paz!
(e dirigindo-se a todos): Abençoe-vos o Deus todo-poderoso, o Pai, o Filho e o Espírito Santo...
Todos: Amém.
Canto final: a escolha...

CADASTRE AQUI SEU EMAIL E RECEBA NOSSAS NOVIDADES